6 de ago de 2007

Olá caros leitores...

Neste início de trabalho, gostaria antes de tudo agradecer a todo o pessoal que me deu forças para investir nesta idéia. Começar um projeto de Games é, antes de tudo, uma realização pessoal. Foram anos de entretenimento, cultura e busca por conhecimento que me levaram, durante quase todos os anos da minha vida, a chegar até aqui com essa paixão inigualável pelo mundo dos jogos eletrônicos. Trilhar esse caminho foi até agora uma divertida jornada e é por isso que, atuando no mercado jornalístico, pretendo dar um passo à criação de um blog que não só vai cobrir todo universo dos videogames, como também o fará de um jeito novo, com seriedade e divertimento.

Por isso gostaria de dizer um pouco sobre a situação que o jornalismo de games se encontra atualmente. É com muito pesar que digo isso, mas infelizmente falar de videogame no Brasil não é de se levar muito a sério. Mesmo com um mercado altamente importante e lucrativo (acredite se quiser, jogos eletrônicos hoje dão mais lucro que as indústrias de música ou cinema), ainda existe um preconceito grande demais. Talvez pela falta de valor que é dada no país quando se fala nessa palavrinha quase pejorativa denominada videogame. Muita gente acredita que não, mas minha opinião é que isso vai mudar muito mais cedo que qualquer um pode imaginar. As peças estão posicionadas, o mercado crescendo cada vez mais, a geração “virgem” dos gamers logo ficará para trás e entrará uma nova na qual os pais irão ensinar seus filhos como manejar um joystick. Um mundo digital com ambientes cinematográficos, músicas dignas de orquestras, enredos bonitos e inteligentes, capazes de cativar qualquer apreciador de boas histórias. E além da clara evolução tecnológica, novos meios de jogar vêem surgindo a cada geração de consoles, o que possibilita novos modos de interagir em um jogo. Videogame não é coisa de criança e o tempo vai provar isso.

Mas chega de falar sobre isso. A partir de hoje vocês poderão contar com o blog Geração Bit para conseguir todo e qualquer tipo de informação a respeito de games. Falar sobre o assunto não é fácil, é preciso estar atento às novidades que chegam a cada dia, e mais ainda, entender sobre games. Em meio à correria de todo jornalista, é um pouco difícil conseguir aquele tempinho para jogar, e isso é extremamente necessário para falar do assunto. Resumindo, não basta ser bom jornalista, tem que ser gamer de coração. E é para isso que estou aqui, junto com Vinicius Longo e Bruna Torres, concretizar o ideal de se fazer um blog, que ofereça um conteúdo único, com uns detalhes diferenciados aqui e ali, sempre mostrando da nossa forma tudo que merece destaque no mundo dos games.

Um grande abraço.

Fernando Rodrigues

Um comentário:

Vinicius Longo disse...

Começamos nesse dia tão especial.
Guarde-o bem, pois daqui algum tempo será data de aniversário (se tudo der certo).
:)