10 de set de 2007

Reviver locadoras. Não seria a resposta?

Se você tem mais de 18 anos e joga videogames desde criancinha, é bem provável que chegou a pegar a fase cuja as locadoras eram febre. Tais locadores eram capazes de nos trazer a maior felicidade que um estabelecimento pode gerar (perdendo talvez, apenas para os shoppings centers e suas máquinas de arcade) em um mini-gamer. Muito do seu sucesso, era porque como videogame era um luxo caro naquela época (como eu gostaria que o preço dos consoles ainda fossem os mesmos :P ), era normal que pagar alguns tustões pra jogar Street Fighter ou International Super Star Soccer valia mais a pena do que ficar anos juntando a mesada do final de semana pra comprar um videogame.
Uma coisa vale reconhecer: quebrava um galho daqueles. E criancinhas ou não, não dá pra negar o sufoco que é juntar grana pra comprar um videogame da nova geração. Então eu pergunto: não seria uma boa hora para reviver as locadoras? Tudo bem, hora ou outra trombamos com uma (geralmente lotadas apenas de PS2 e pessoas jogando Winning Eleven), mas no geral elas sairam de moda (aqui onde eu moro não conheço nenhuma boa). Assim, poderíamos sentir o gostinho de jogar aquele game fantástico que tanto almejamos pagando por hora. Ou então alugarmos aqueles blu-rays para PS3 tão caros para sabermos se vale ou não a aquisição por muito mais que 200 reais (e mesmo a pirataria, realidade do brasileiro, pode extinguir com essas novas midias, ou com a possibilidade de aproveitar a jogatina online). Pode não ser a solução para se jogar videogames, mas com certeza seria de grande ajuda. Pelo menos eu aproveitaria. ;)
Fernando Rodrigues

Um comentário:

Dann disse...

Eu deixava de sair no fim de semana pra jogar Gears of Wars!! \o/ uhull...acho que não vou jogar jogos assim em um bom tempo...