8 de mai de 2008

Mario Paint



Me lembro até hoje quando papis chegou em casa com uma caixa dizendo que era um "jogo novo". Quando abri e vo que se tratava de um jogo do Mario quase chorei de alegria tal qual os jogadores do Flamengo na eliminação da libertadores 2008. Ok, no caso deles não foi de alegria. Mas quem se importa?

Mas dar aquela assoprada e colocar o cartucho no Snes eis minha surpresa. Cadê as fases com canos? Cadê o pulinho maroto na cabeça dos gombas? NADA. Na-din-ha daquele "jogo" era o que eu esperava de um Mario.

Uma olhada mais profunda na caixa e um Mouse, que não era o Mikey, acompanhava o conjunto. EU, como um bom pobre, não tinha computador. E Mario paint alegrou minha vidinha nerd por dias e dias seguindo a premissa que alguns jogos do Wii seguem. Jogar sem compromisso. O Treco não tinha final. Não tinha fases. E mesmo assim era viciante pra caramba!



O meu não era japa, e nem era tão sujo. Mas quem se importa?

Anos mais tarde aquela caixinha iria me render um Donkey Kong2 e um Megamam X originals (coisa rara no mercado). O que me tornaria o amigo mais legal da turma.

Mas quem se importa com tudo isso?

O importante é que uma galera ta usando o saudoso Mario Paint. Pra criar músicas famosas. Como podem ver nessa notícia do Folha Online:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u398586.shtml

Além das citadas na matéria também achei muito fodas foram Bohemian Rhapsody e Iron Man.

Um comentário:

Platy disse...

Legal .. mas eles usam versoes alternativas

eu pessoalmente sou fã do toonboomblender ... mais pq os videos dele são de jogos e com a versao snes mesmo
http://www.youtube.com/profile_videos?user=TomBobBlender&p=r